8 Dicas para comprar o primeiro carro sem arrependimentos
25 de Julho, 2016 Dicas

8 Dicas para comprar o primeiro carro sem arrependimentos

Já tem carta de condução, está ansioso para dominar a estrada mas falta-lhe um veículo? A aquisição do primeiro automóvel é sempre um momento marcante na vida de qualquer condutor. Saiba como comprar o seu primeiro carro sem arrependimentos.

O desejo de qualquer recém-condutor é conduzir todos os dias, a toda a hora. Levar os amigos a passear, ir a locais que, antes, não poderia ir sozinho e usufruir de toda a liberdade que ter carta de condução proporciona. Para isso é necessário um carro. 

Comprar o primeiro carro pode ser assustador. É frequente suscitar inúmeras dúvidas: que carro comprar? que modelo? Diesel ou gasolina? Que tipo de carroçaria? Como funciona o crédito automóvel?

Com o intuito de esclarecer algumas das suas questões, elaboramos um conjunto de dicas para que a compra do seu primeiro automóvel seja um momento que recorde, mais tarde, pelas melhores razões.

Dicas para comprar o primeiro carro

Comprar o primeiro carro

1 Comprar um carro usado ou um carro novo?

É a primeira questão que deve colocar a si mesmo. Para além das questões orçamentais, deve ter em conta a confiança que tem nas suas capacidades como condutor. As primeiras batidas e os primeiros riscos são sempre um drama para um novo condutor e se o sucedido for num carro saído do concessionário a dor é maior. No entanto, pode querer iniciar esta etapa da sua vida e nada melhor do que um carro novinho em folha para o efeito. Faça uma lista com os prós e contras e decida se quer optar por um carro novo ou um carro usado.

2 Quanto pode pagar por um automóvel?

Seja realista. O seu primeiro instinto será sonhar com carros que, de momento, não são compatíveis com o seu orçamento. Não disperse e pense de acordo com as suas necessidades e o seu orçamento. Analise a utilidade que irá dar ao veículo, os seus gostos e preferências e a relação entre qualidade/preço. Faça o balanceamento de todas estas questões e obterá o seu orçamento.

3 Não ultrapasse o orçamento

Faça uma pesquisa de acordo com a sua “lista de características do meu primeiro carro” e identifique quais as características e especificações que deseja no seu automóvel. Tente não ultrapassar o seu orçamento. Faça-o apenas se acreditar que irá beneficiar mais dessa alternativa. O mais importante é que se sinta seguro e confortável com todas as decisões que tomar.

4 Inspecionar o automóvel

Caso decida optar por um veículo novo, pode riscar este passo da sua lista. Se decidiu comprar um carro usado informe-se sobre o estado do veículo. Analise as componentes do automóvel (saiba como analisar um veículo usado) e certifique-se que o estabelecimento onde pretende efetuar a compra é fidedigno. Na Filinto Mota todos os automóveis usados são selecionados e avaliados de forma criteriosa e cumprem obrigatoriamente os pontos 93 de controlo.

5 Quanto pode pagar mensalmente pelo seu crédito automóvel?

Se necessitar de recorrer ao crédito automóvel na compra do seu primeiro o carro preste atenção aos números e faça as contas: qual é o seu rendimento mensal? Qual a quantia desse rendimento pode despender na compra de um caro?  Compre de forma inteligente, não se esqueça de subtrair todas as suas despesas e ver quanto sobrou para gastar por mês no seu primeiro carro.

6 Quanto irá gastar nas manutenções do seu carro?

Para além do valor que paga pelo seu automóvel, acrescente à sua lista as despesas de manutenção. O valor da manutenção difere de carro para carro. Alguns têm um menor custo de manutenção, outros maior. Procure informar-se acerca do valor da manutenção do modelo com o qual tem sonhado, faça a comparação com o seu orçamento anual para não ter nenhuma surpresa. O objetivo é que continue nas nuvens com a aquisição do seu primeiro automóvel.

7 Quanto irá gastar no seguro do seu carro?

Depois de comprar o seu primeiro carro tem de possuir um seguro para este. Faça uma simulação de quanto irá pagar pelo seu seguro automóvel em diversas companhias e tenha em consideração não só o preço, mas os danos que este cobre e a qualidade do serviço. Lembre-se que, por vezes, “o barato sai caro”.

8 Recorra à opinião de alguém experiente

Para além da opinião dos vendedores do concessionário onde comprar o seu automóvel, recorra à opinião de alguém que já conduza há mais tempo e que tenha experiência na compra de automóveis. Uma segunda opinião poderá ser-lhe útil em momentos de indecisão.